No items found.
No items found.
Menu
Finalizar o Pedido
0
HOME
CATÁLOGO
Economia
Novo Desenvolvimentismo: introduzindo uma nova teoria econômica e economia política

Novo Desenvolvimentismo: introduzindo uma nova teoria econômica e economia política

Envio a partir de 10 de junho
Autor:
Luiz Carlos Bresser-Pereira
Ano:
2024
Tradutor:
Prefácio:
Tradutor:
Prefácio:
1ª Edição
Encadernação:
Brochura
ISBN:
9786553961807
páginas:
348
Dimensões:
16
cm
×
23
cm
×
2
cm
Peso:
410
g

RESUMO

A EDITORA CONTRACORRENTE tem a satisfação de lançar uma extraordinária obra do eminente professor Luiz Carlos Bresser-Pereira. Nela se oferece uma síntese do conceito de novo desenvolvimentismo, explorando-o no contexto da economia heterodoxa e da economia política. Inovador em sua abordagem e abrangência, o consagrado autor apresenta o método e as escolas relevantes para o novo desenvolvimentismo e analisa como ele pode revolucionar a economia política, a economia e a economia do crescimento. Os capítulos exploram a revolução capitalista, as fases do desenvolvimento capitalista e as coalizões de classe, a micro e a macroeconomia e a importância da taxa de câmbio na determinação do investimento e do crescimento.

sobre

Este é o fruto de décadas não só de reflexão e leitura, mas também da experiência do autor como servidor público. Abrangendo desde uma visão geral do pensamento sobre o desenvolvimento até propostas políticas pormenorizadas, oferece várias análises profundamente esclarecedoras e formulações realistas e lúcidas. Um magnum opus. - ADAM PRZEWORSKI, UNIVERSITY OF NEW YORK
O Novo Desenvolvimentismo se tornará - ou deveria se tornar - um marco na literatura sobre desenvolvimento econômico. O livro coloca o Novo Desenvolvimentismo em contraste explícito com várias outras abordagens da economia, incluindo a neoclássica, a pós-keynesiana e o estruturalismo clássico - tanto em termos abstratos quanto nas condições político-econômicas em que cada uma delas se tornou amplamente aceita, por algum tempo. Em particular, o Novo Desenvolvimentismo explica por que os países latino-americanos quase estagnaram desde a década de 1980, enquanto os países do Leste Asiático continuaram a crescer rapidamente. - ROBERT H. WADE, LONDON SCHOOL OF ECONOMICS

A Editora Contracorrente tem a satisfação de lançar a extraordinária obra "Novo Desenvolvimentismo: introduzindo uma nova teoria econômica e economia política", do eminente professor Luiz Carlos Bresser-Pereira.

Nela se oferece uma síntese do conceito de novo desenvolvimentismo, explorando-o no contexto da economia heterodoxa e da economia política.

Inovador em sua abordagem e abrangência, o consagrado autor apresenta o método e as escolas relevantes para o novo desenvolvimentismo e analisa como ele pode revolucionar a economia política, a economia e a economia do crescimento. Os capítulos exploram a revolução capitalista, as fases do desenvolvimento capitalista e as coalizões de classe, a micro e a macroeconomia e a importância da taxa de câmbio na determinação do investimento e do crescimento.

Índice

INTRODUÇÃO
CAPÍTULO I – O MÉTODO E AS ESCOLAS

1.1 Asprimeiras escolas de pensamento

1.2 TeoriaEconômica Neoclássica

1.3 TeoriaEconômica Pós-Keynesiana

CAPÍTULO II – AS ESCOLAS DESENVOLVIMENTISTAS E O ANTI-IMPERIALISMO

2.1Desenvolvimentismo Estruturalista Clássico

2.2Desenvolvimentista de segunda geração

2.3 NovoDesenvolvimentismo

2.4Comparando com o Desenvolvimentismo Estruturalista Clássico

2.5Comparando com a Teoria Econômica Pós-Keynesiana

2.6Anti-imperialismo

2.7 Duascorrentes da teoria da dependência

2.8 Escolade Regulação e Teoria Monetária Moderna

2.9 Sociologia do desenvolvimento

CAPÍTULO III – REVOLUÇÃO CAPITALISTA E ESTADO DESENVOLVIMENTISTA

3.1 Odesenvolvimentista e a forma liberal

3.2 Formasde organização social

3.3 Aformação dos estados-nação

3.4 Grandedivergência, Estado e imperialismo

3.5 O Estadodesenvolvimentista

3.6 Quatrotipos de revolução capitalista

CAPÍTULO IV – FORMAS E FASES DO DESENVOLVIMENTO CAPITALISTA

4.1 Duasinstituições, o Estado e o mercado

4.2Políticas definem o Estado desenvolvimentista

4.3 Fases dodesenvolvimento capitalista

4.4 A fasemercantilista

4.5 A faseindustrial (empreendedora)

4.6 Fasecapitalista-gerencial

4.7 Faseneoliberal financeiro-rentista

4.8 O papelcrescente do mercado

4.9Resumindo

CAPÍTULO V – A MICROECONOMIA DO NOVO DESENVOLVIMENTISMO

5.1Microeconomia clássica e neoclássica

5.2Microeconomia estruturalista clássica

5.3Microeconomia da ND

5.4 Os cincopreços macroeconômicos

CAPÍTULO VI – MACROECONOMIA E AUSTERIDADE

6.1 Políticafiscal

6.2 Crisefiscal ou crise financeira?

6.3 Asíndrome da austeridade, uma condição e não uma política

6.4Austeridade como vício

6.5Austeridade e ordem social

CAPÍTULO VII – A TAXA DE JURO

7.1 Adeterminação da taxa de juro

7.2 Taxas dejuro nos países em desenvolvimento

7.3 Dinheiro

7.4 Políticamonetária ou política de juros?

CAPÍTULO VIII – INFLAÇÃO E ATÉ ONDE VAI A TEORIA ECONÔMICA

8.1 Teoriaortodoxa da inflação

8.2 Teoriapós-keynesiana da inflação

8.3 Inflaçãode custos

8.4 Inflaçãoinercial e expectativas

8.5Limitações da economia

CAPÍTULO IX – A TAXA DE LUCRO E OS SALÁRIOS

9.1 Tipos deprogresso técnico

9.2 Teoremade Okishio

9.3 Fases deacordo com o progresso técnico e taxa de lucro

9.4 Umaprevisão otimista, mas equivocada

9.5Distribuição entre salários e lucros

9.6 Taxasalarial

9.7 Saláriose custo efetivo de reprodução

CAPÍTULO X – DETERMINAÇÃO DA TAXA DE CÂMBIO

10.1Paridade do poder de compra

10.2 A taxade câmbio implicitamente desejada

10.3 O valorda moeda estrangeira

10.4 Trêsvariáveis adicionais

CAPÍTULO XI – CRESCIMENTO E ESTAGNAÇÃO

11.1Desenvolvimento como sofisticação produtiva

11.2 Modelosde crescimento

11.3 Modelode crescimento da ND

11.4 A taxade investimento

11.5 Modelode Thirwall

11.6 Omodelo das duas lacunas

CAPÍTULO XII – POLÍTICA DE DÉFICIT EM CONTA CORRENTE

12.1 A taxade substituição da poupança interna pela poupança externa

12.2Exceções

12.3 Ciclocambial

CAPÍTULO XIII – CÂMBIO, INVESTIMENTO E CRESCIMENTO

13.1 Trêsequilíbrios

13.2 Taxa decâmbio flutuante gerenciada

13.3 Teoriado acesso à demanda

13.4Populismo econômico

13.5 O custoda restrição externa

CAPÍTULO XIV – A DOENÇA HOLANDESA E SUA NEUTRALIZAÇÃO

14.1 Doismodelos

14.2 Doençaholandesa estendida

14.3 Adoença holandesa e a maldição dos recursos naturais

14.4Neutralizando a doença holandesa

14.5 Osegundo argumento a favor das tarifas aduaneiras

CAPÍTULO XV– VERDE E SOCIAL

15.1Aquecimento global e suas consequências

15.2Desenvolvimento protege patrimônio público

15.3 Grandesinvestimentos para conter as mudanças climáticas

15.4Desigualdade crescente

15.5 Por quea desigualdade está aumentando?

CAPÍTULO XVI– APLICAÇÃO À AMERICA LATINA E AO BRASIL

16.1 Quaseestagnação

16.2 Fatoshistóricos novos e quase estagnação

16.3 Porquê?

16.4 Oterceiro argumento

16.5 O quefazer?

16.6Populismo econômico

BIBLIOGRAFIA

LISTA DEILUSTRAÇÕES

ÍNDICEONOMÁSTICO

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Suspendisse varius enim in eros elementum tristique. Duis cursus, mi quis viverra ornare, eros dolor interdum nulla, ut commodo diam libero vitae erat. Aenean faucibus nibh et justo cursus id rutrum lorem imperdiet. Nunc ut sem vitae risus tristique posuere.

Novo Desenvolvimentismo: introduzindo uma nova teoria econômica e economia política

Preço de capa do Produto:
R$ 120,00 
Preço do Produto:
R$ 108,00 
Definir CEP PARA CÁLCULO de Frete
Adicionar CEP
Definir CEP PARA  CÁLCULO de Frete
CEP
Não foi possível realizar o cálculo de frete. Por favortente novamente.
VALOR DO FRETE para IMPRESSO NORMAL EM ATÉ X DIAS:
R$
Preço FINAL com FRETE:
R$
TOTAL A PAGAR:
R$ 108,00 

Novo Desenvolvimentismo: introduzindo uma nova teoria econômica e economia política

Envio a partir de 10 de junho
Autor:
Luiz Carlos Bresser-Pereira
Prefácio:
Prefácio:
Tradutor:
Prefácio:
Tradutor:
Prefácio:
Tradutor:
Tradutor:
Ano:
2024
1ª Edição
Encadernação:
Encadernação:
Brochura
ISBN:
9786553961807
Dimensões:
16
cm
×
23
cm
×
2
cm
Páginas:
348
Peso:
410
g
Envio a partir de 10 de junho

RESUMO

A EDITORA CONTRACORRENTE tem a satisfação de lançar uma extraordinária obra do eminente professor Luiz Carlos Bresser-Pereira. Nela se oferece uma síntese do conceito de novo desenvolvimentismo, explorando-o no contexto da economia heterodoxa e da economia política. Inovador em sua abordagem e abrangência, o consagrado autor apresenta o método e as escolas relevantes para o novo desenvolvimentismo e analisa como ele pode revolucionar a economia política, a economia e a economia do crescimento. Os capítulos exploram a revolução capitalista, as fases do desenvolvimento capitalista e as coalizões de classe, a micro e a macroeconomia e a importância da taxa de câmbio na determinação do investimento e do crescimento.

sobre

Este é o fruto de décadas não só de reflexão e leitura, mas também da experiência do autor como servidor público. Abrangendo desde uma visão geral do pensamento sobre o desenvolvimento até propostas políticas pormenorizadas, oferece várias análises profundamente esclarecedoras e formulações realistas e lúcidas. Um magnum opus. - ADAM PRZEWORSKI, UNIVERSITY OF NEW YORK
O Novo Desenvolvimentismo se tornará - ou deveria se tornar - um marco na literatura sobre desenvolvimento econômico. O livro coloca o Novo Desenvolvimentismo em contraste explícito com várias outras abordagens da economia, incluindo a neoclássica, a pós-keynesiana e o estruturalismo clássico - tanto em termos abstratos quanto nas condições político-econômicas em que cada uma delas se tornou amplamente aceita, por algum tempo. Em particular, o Novo Desenvolvimentismo explica por que os países latino-americanos quase estagnaram desde a década de 1980, enquanto os países do Leste Asiático continuaram a crescer rapidamente. - ROBERT H. WADE, LONDON SCHOOL OF ECONOMICS

A Editora Contracorrente tem a satisfação de lançar a extraordinária obra "Novo Desenvolvimentismo: introduzindo uma nova teoria econômica e economia política", do eminente professor Luiz Carlos Bresser-Pereira.

Nela se oferece uma síntese do conceito de novo desenvolvimentismo, explorando-o no contexto da economia heterodoxa e da economia política.

Inovador em sua abordagem e abrangência, o consagrado autor apresenta o método e as escolas relevantes para o novo desenvolvimentismo e analisa como ele pode revolucionar a economia política, a economia e a economia do crescimento. Os capítulos exploram a revolução capitalista, as fases do desenvolvimento capitalista e as coalizões de classe, a micro e a macroeconomia e a importância da taxa de câmbio na determinação do investimento e do crescimento.

Índice

INTRODUÇÃO
CAPÍTULO I – O MÉTODO E AS ESCOLAS

1.1 Asprimeiras escolas de pensamento

1.2 TeoriaEconômica Neoclássica

1.3 TeoriaEconômica Pós-Keynesiana

CAPÍTULO II – AS ESCOLAS DESENVOLVIMENTISTAS E O ANTI-IMPERIALISMO

2.1Desenvolvimentismo Estruturalista Clássico

2.2Desenvolvimentista de segunda geração

2.3 NovoDesenvolvimentismo

2.4Comparando com o Desenvolvimentismo Estruturalista Clássico

2.5Comparando com a Teoria Econômica Pós-Keynesiana

2.6Anti-imperialismo

2.7 Duascorrentes da teoria da dependência

2.8 Escolade Regulação e Teoria Monetária Moderna

2.9 Sociologia do desenvolvimento

CAPÍTULO III – REVOLUÇÃO CAPITALISTA E ESTADO DESENVOLVIMENTISTA

3.1 Odesenvolvimentista e a forma liberal

3.2 Formasde organização social

3.3 Aformação dos estados-nação

3.4 Grandedivergência, Estado e imperialismo

3.5 O Estadodesenvolvimentista

3.6 Quatrotipos de revolução capitalista

CAPÍTULO IV – FORMAS E FASES DO DESENVOLVIMENTO CAPITALISTA

4.1 Duasinstituições, o Estado e o mercado

4.2Políticas definem o Estado desenvolvimentista

4.3 Fases dodesenvolvimento capitalista

4.4 A fasemercantilista

4.5 A faseindustrial (empreendedora)

4.6 Fasecapitalista-gerencial

4.7 Faseneoliberal financeiro-rentista

4.8 O papelcrescente do mercado

4.9Resumindo

CAPÍTULO V – A MICROECONOMIA DO NOVO DESENVOLVIMENTISMO

5.1Microeconomia clássica e neoclássica

5.2Microeconomia estruturalista clássica

5.3Microeconomia da ND

5.4 Os cincopreços macroeconômicos

CAPÍTULO VI – MACROECONOMIA E AUSTERIDADE

6.1 Políticafiscal

6.2 Crisefiscal ou crise financeira?

6.3 Asíndrome da austeridade, uma condição e não uma política

6.4Austeridade como vício

6.5Austeridade e ordem social

CAPÍTULO VII – A TAXA DE JURO

7.1 Adeterminação da taxa de juro

7.2 Taxas dejuro nos países em desenvolvimento

7.3 Dinheiro

7.4 Políticamonetária ou política de juros?

CAPÍTULO VIII – INFLAÇÃO E ATÉ ONDE VAI A TEORIA ECONÔMICA

8.1 Teoriaortodoxa da inflação

8.2 Teoriapós-keynesiana da inflação

8.3 Inflaçãode custos

8.4 Inflaçãoinercial e expectativas

8.5Limitações da economia

CAPÍTULO IX – A TAXA DE LUCRO E OS SALÁRIOS

9.1 Tipos deprogresso técnico

9.2 Teoremade Okishio

9.3 Fases deacordo com o progresso técnico e taxa de lucro

9.4 Umaprevisão otimista, mas equivocada

9.5Distribuição entre salários e lucros

9.6 Taxasalarial

9.7 Saláriose custo efetivo de reprodução

CAPÍTULO X – DETERMINAÇÃO DA TAXA DE CÂMBIO

10.1Paridade do poder de compra

10.2 A taxade câmbio implicitamente desejada

10.3 O valorda moeda estrangeira

10.4 Trêsvariáveis adicionais

CAPÍTULO XI – CRESCIMENTO E ESTAGNAÇÃO

11.1Desenvolvimento como sofisticação produtiva

11.2 Modelosde crescimento

11.3 Modelode crescimento da ND

11.4 A taxade investimento

11.5 Modelode Thirwall

11.6 Omodelo das duas lacunas

CAPÍTULO XII – POLÍTICA DE DÉFICIT EM CONTA CORRENTE

12.1 A taxade substituição da poupança interna pela poupança externa

12.2Exceções

12.3 Ciclocambial

CAPÍTULO XIII – CÂMBIO, INVESTIMENTO E CRESCIMENTO

13.1 Trêsequilíbrios

13.2 Taxa decâmbio flutuante gerenciada

13.3 Teoriado acesso à demanda

13.4Populismo econômico

13.5 O custoda restrição externa

CAPÍTULO XIV – A DOENÇA HOLANDESA E SUA NEUTRALIZAÇÃO

14.1 Doismodelos

14.2 Doençaholandesa estendida

14.3 Adoença holandesa e a maldição dos recursos naturais

14.4Neutralizando a doença holandesa

14.5 Osegundo argumento a favor das tarifas aduaneiras

CAPÍTULO XV– VERDE E SOCIAL

15.1Aquecimento global e suas consequências

15.2Desenvolvimento protege patrimônio público

15.3 Grandesinvestimentos para conter as mudanças climáticas

15.4Desigualdade crescente

15.5 Por quea desigualdade está aumentando?

CAPÍTULO XVI– APLICAÇÃO À AMERICA LATINA E AO BRASIL

16.1 Quaseestagnação

16.2 Fatoshistóricos novos e quase estagnação

16.3 Porquê?

16.4 Oterceiro argumento

16.5 O quefazer?

16.6Populismo econômico

BIBLIOGRAFIA

LISTA DEILUSTRAÇÕES

ÍNDICEONOMÁSTICO

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Suspendisse varius enim in eros elementum tristique. Duis cursus, mi quis viverra ornare, eros dolor interdum nulla, ut commodo diam libero vitae erat. Aenean faucibus nibh et justo cursus id rutrum lorem imperdiet. Nunc ut sem vitae risus tristique posuere.

Relacionados

Relacionados

Lançamentos

Lançamentos

Ver Mais Livros RelacionadosVer Mais Lançamentos

Cadastre seu E-mail para Receber Novidades

E-Mail
Obrigado. Seu cadastro foi realizado com sucesso!
Não foi possível enviar seus dados. Por favor revise seu endereço de e-mail, aceite os termos e condições e tente novamente.
© Editora Contracorrente LTDA
2023
Alameda Itu, 852, 1º andar, Paulista, São Paulo – SP, 01421-002
CNPJ: 22.120.667.0001-60
Alameda Itu, 852, 1º andar, Paulista
CNPJ: 22.120.667.0001-60
São Paulo – SP
CEP: 01421-002
CNPJ: 22.120.667.0001-60
Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o armazenamento de cookies em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing. Em caso de dúvidas, consulte as Políticas do Site para saber mais.